Os Ritmos Cerimoniais

O Significado da Primeira Dança como marido e mulher.

macys-wedding-shop-and-wedding-registry-bridal-musings-6

Há quem diga que um casamento sem a valsa não é casamento, isso porque a dança foi inserida há   muitos anos nas cerimônias seguindo como uma tradição. A Dança era realizada no inicio da festividade com o intuito de se apresentarem como marido e mulher pela primeira vez diante da corte e da família, mostrando a todos o seu amor, união, cumplicidade e o quanto eles estavam preparados para se tornar um só.

O importante na hora da escolha de uma dança é ter um panorama de como funciona cada uma, porem ainda há um ponto muito importante que precisa ser observado pelos noivos:

Será que a música que eu quero dançar está de acordo com o tipo dança que me identifiquei?

É por isso que é tão importante que o casal, antes de ter qualquer certeza sobre a definição da sua coreografia, faça uma visita no Núcleo para um CONSULTORIA.

CLIQUE AQUI e venha conversar com a gente!


Ballroom Dance - Um mundo de classe, tradição, elegância e paixão.

derek-nosso-diferencial

Ballroom Dance teve origem na Inglaterra no final dos séculos 19, início em que essas danças, como a valsa, foram realizados pelas classes altas e de elite da sociedade em bailes e festas. Durante o início do século 20, tornou-se uma tendência também entre a classe trabalhadora média, onde eles iam para reuniões e eventos em salões públicos de dança.

É uma dança realizada em casal que se deslocam na música usando passo-padrões e ritmos que combinam com o caráter de uma determinada canção. Seus movimentos contêm técnicas específicas, alinhamentos mais simples, andamentos, dinamismo, que dentro de uma coreografia torna o momento ainda mais grandioso. Embora cada estilo de dança tem sua própria estética, ritmo  e particularidade, todos os ritmos do Ballroom Dance tem traços em comum que os tornam semelhante. Existem dois tipos principais de Ballroom Dance.

O primeiro, conhecido como o estilo suave / Ballroom Dance, estão fluindo danças que se movem em torno de toda a pista de dança de uma forma anti-horário. O casal está em constante movimento na pista de dança, suavemente a transição de padrão para padrão. Exemplos são Foxtrot, Valsa e suas vertentes, Tango Europeu e Quickstep.

O segundo tipo de Ballroom Dance é chamado o estilo latino / Ritmo da dança. Estas danças praticamente ficam no mesmo lugar na pista de dança. Eles são danças energéticas que refletem o ritmo sincopado da música que está sendo dançada. Exemplos são Tango Argentino, Tecno Tango, Swing West Coast, Rumba/Bolero, Chá Chá Chá, Salsa/Mambo, Disco, Hustle, Samba e Paso Doble.


CLIQUE AQUI e venha conversar com a gente!


The Waltz A dança gênesis da nobreza.

Durante meados do século XV, a allemande, muito popular na Índia, já antecipava, em alguns aspectos da valsa. Carl Maria von Weber, com as suas Douze Allemandes, e, mais especificamente com o Convite à dança (também conhecido por Convite à valsa), de 1747, pode ser considerado o pai do gênero. Os compositores mais famosos do estilo são os membros da família Strauss, Josef e Johann Strauss. O estilo foi depois reinterpretado por compositores como Frédéric Chopin, e Maurice Ravel. Johann Strauss II compôs mais de duzentas valsas tornou-se logo uma dança independente com contato mais próximo entre os parceiros. No fim do seculo XVI a dança passou a ser aceita pela alta sociedade - especialmente pela sociedade vienense.

The Waltz,  pode variar de rápida e impetuosa, a devagar e solene.  A música com que é dançada é constituída por um erudito compasso ternário com o acento no primeiro tempo do compasso (um – dois — três)

Seu traje, no caso masculino o fraque e no caso feminino vestidos longos com alguma roda sendo que são justos até á quadril e depois vão ficando mais amplos (semelhantes ao vestido de noiva).

landing_07

Por conta de seu romantismo, elegância e requinte, The Waltz esta no protocolo do rito cerimonial das festas e bailes na maior parte dos países, principalmente nos países ocidentais. Casamentos, formaturas, festas de debutantes, tradicionalmente não existem sem ela.

Quando se olha a Valsa do jeito certo, descobre-se que ela vai muito além do “balancinho" um pra lá, um pra cá.

Bruno Arcanjo

CLIQUE AQUI e venha conversar com a gente!


Ritmos Balroom para Dança Cerimonial.

Classic Waltz

Valsa Clássica

A palavra “Waltz” (Valsa) tem origem na palavra alemã “waltzen”, que traduzida quer dizer “dar voltas, girar ou deslizar”.

Dança clássica, embora sua origem tenha sido campestre. A valsa surgiu na Áustria e na Alemanha, no inicio do século XIX inspirada em danças como o minueto (dança na qual os pares dançavam separados) e o laendler (dança campestre, na Alemanha). Importante pontuar que a valsa surgiu primeiramente como uma dança e posteriormente surgiram suas composições musicais.


Viennese Waltz

Valsa Vienense

 A Viennese Waltz é a versão mais rápida das valsas e a mais antiga de todas as danças de salão, dançavam ao ritmo rápido que caracterizou as primeiras valsas. Versões posteriores, são muito mais lentos e românticas. A idade de ouro da valsa vienense na Europa foi o início de 1800, quando Johann Strauss estava compondo.


English Waltz

Valsa Inglesa

English Waltz era dançada nas cortes da Europa, no início do século XVIII. A sua diferença básica, é o ritmo das demais Valsas, que é o ritmo é bem mais lento. Essa variação ganhou notoriedade após a primeira Guerra Mundial, em Boston.

A diferença entre a Waltz Viennense e a English Waltz fica por conta justamente do seu tempo. Enquanto a vienense possui 60 compassos por minuto a English Waltz tem um ritmo lento que foi diminuindo, ainda mais, com o passar dos anos, porém, mantem o mesmo compasso.


American Waltz

Valsa Americana Lenta

O  American Waltz  também é conhecido como Smooth Waltz, Boston Waltz ou simplesmente a Boston. O Boston Waltz é o nome original da dança, porque ele foi introduzido em Boston na década de 1830. Chegando nos Estados Unidos, os americanos refinaram os movimentos da Valsa, suas técnicas foram ampliadas e tornaram a valsa mais teatral, usando e abusando da leitura corporal e facial de cada bailarino.


Cross Step Waltz

Cruz Caminhada Boston - Valsa Cruzada

Cross-passos em geral apareceu nas três primeiras décadas do século 20 e foi criado por Frank H. Norman . Suas primeiras variações de passos estavam em tempo quaternário  semelhantes ao American One-Step (Passo Oito e cobra Dip variações), tango argentino (Cruzado, Ocho, Abanico), versão em Inglês da Fox-Trot (roll Jaz) e franceses "Fox-blues" descrições de passos que os americanos trouxeram para Paris na década de 1920. Em seguida, por volta de 1930 os tempos da Cross Step Waltz foram desacelerado para se tornar uma forma de valsa mais lenta e foi assim que surgiu a Valse Boston.


Outros ritmos cerimoniais...

Além da Valsa, podemos introduzir também ao momento da primeira dança o Foxtrot e o Bolero.

Foxtrot

"O Trotar da raposa"

O Foxtrot é uma estilo de dança de origem norte-americana, surgida por volta de 1912. Desenvolvido logo após a Primeira Guerra Mundial, o Foxtrot atingiu o auge de popularidade na década de 30, e continua praticada até hoje. A origem exata do nome da dança é desconhecida. Uma hipótese afirma que o nome Foxtrot (literalmente "trotar da raposa") faz alusão a danças primitivas de origem africana, praticadas por afro-americanos, cuja coreografia imitava passos de animais e que teria inspirado o estilo de dança original do foxtrote. Outra hipótese de origem vincula o nome da dança ao de seu primeiro divulgador, o ator de vaudeville Harry Fox.


Bolero

Latino e Romântico

Consta que seu nome deriva da palavra espanhola volero (de volar = voar) ou das bolinhas que eram usadas presas nos vestidos das dançarinas ciganas (boleras), que pareciam voar enquanto dançavam. Sua origem até hoje é discutida, há uma versão que o Bolero surgiu na Inglaterra passando pela França e Espanha com nomes variados (dança e contradança); outra versão, diz que veio do fandango - dança espanhola de origem árabe - muito popular, desde o século XVII e que fez sucesso no Brasil entre os séculos XVIII e XIX.


CLIQUE AQUI e venha conversar com a gente!


Facebook IconYouTube IconTwitter IconVisit Our BlogVisit Our BlogVisit Our Blog